Por uma rotulagem nutricional informativa e eficiente

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) coordena um processo de revisão de normas para a adoção de um novo modelo de rotulagem nutricional dos alimentos no Brasil.

A Rede Rotulagem, iniciativa formada por 20 entidades ligadas ao setor de alimentos e bebidas, participa ativamente deste processo, contribuindo com aporte técnico e científico para buscar o melhor modelo para a sociedade brasileira.

Defendemos que os rótulos dos alimentos ofereçam mais informação ao consumidor e contribuam para sua educação alimentar em direção a uma dieta saudável e equilibrada.

Saiba mais sobre a rede rotulagem

MELHORES ESCOLHAS COM AUTONOMIA E CONSCIÊNCIA

A nova rotulagem nutricional deve trazer informações que permitam ao consumidor fazer escolhas alimentares com autonomia e consciência, de acordo com suas necessidades, sem alarmes ou proibições.

O modelo de semáforo foi desenvolvido com base em evidências técnicas, na análise de soluções adotadas em outros países e em revisão bibliográfica realizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação (NEPA), da UNICAMP. Nessa proposta, as informações sobre os nutrientes são reforçadas pelas legendas ALTO, MÉDIO ou BAIXO em letras maiúsculas e a utilização de cores (vermelho, amarelo ou verde) aplicadas sobre fundo branco, para facilitar a legibilidade e a compreensão das informações.

As informações são apresentadas na parte da frente das embalagens, com destaque para as quantidades de AÇÚCARES, GORDURA SATURADA E SÓDIO indicadas com base na porção consumida e em relação a uma dieta diária de 2.000 kcal

SAIBA MAIS SOBRE O NOVO MODELO

O RÓTULO PREFERIDO PELO CONSUMIDOR

Pesquisa nacional do IBOPE Inteligência mostrou o que a população brasileira espera da nova rotulagem nutricional. Veja alguns resultados:

Clique aqui para mais informações sobre a pesquisa

REDE ROTULAGEM

ABIAABIRABIADABIAMABICABABLVABIMAPIABIOVEABIQABITRIGOABPAABRASABRESIAEGSINDICARNES SPSINDILEITEViva LácteosUNICACNI