Design APLICAÇÃO NAS EMBALAGENS PERFIL NUTRICIONAL

Design

No novo modelo de rotulagem nutricional proposto pela Rede Rotulagem, as informações sobre os nutrientes mais importantes em termos de saúde pública – açúcar, gordura saturada e sódio – são reforçadas pelas legendas ALTO, MÉDIO ou BAIXO em letras maiúsculas e a utilização das cores vermelho, amarelo e verde, como no semáforo de trânsito.

O modelo foi desenvolvido com base em evidências técnicas, na análise da experiência de outros países e em revisão bibliográfica realizada pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação (NEPA), da UNICAMP. O design do novo modelo foi criado pelo estúdio de criação Malkovich.

O modelo oferece ao consumidor as informações básicas de que necessita para fazer suas escolhas alimentares com autonomia e consciência, de acordo com suas características, demandas e preferências individuais. Em pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência, o modelo informativo colorido foi o preferido por 7 entre 10 brasileiros. A proposta foi considerada a mais clara e didática por 65% dos entrevistados.

APLICAÇÃO NAS EMBALAGENS

A aplicação do modelo informativo colorido sobre fundo branco, na parte frontal das embalagens, chama a atenção para a informação nutricional e facilita sua compreensão por parte do consumidor.

O modelo proposto pela Rede Rotulagem destaca de forma clara e objetiva as quantidades de açúcares, gordura saturada e sódio indicadas com base na porção usualmente consumida de cada alimento e também na porcentagem relativa a uma dieta diária de 2.000 kcal.

PERFIL NUTRICIONAL

A informação sobre o perfil nutricional do alimento é um direito do consumidor, pois só a compreensão dessa informação contribuiu para a educação alimentar e possibilita melhores escolhas de forma consciente e duradoura.

Para que a informação seja efetiva, a declaração nutricional nos rótulos deve contemplar a referência às porções usualmente consumidas dos alimentos, definidas por critérios técnicos, com o respectivo peso em gramas ou mililitros e sua correspondência em medidas caseiras, facilmente identificadas e compreendidas.

A restrição das informações às quantidades fixas de 100 gramas ou 100 mililitros, sem considerar as características de cada produto ou alimento, confunde o consumidor e pode levar a escolhas alimentares inadequadas e prejudiciais à saúde. Veja alguns exemplos no quadro abaixo:

REDE ROTULAGEM

ABIAABIRCNIABIADABIAMABICABABIMAPIABIOVEABIQABITRIGOABLVABPAABRABEABRASABREG100SIAEGSINDICARNES SPSINDILEITESIMABESPUNICAViva Lácteos